Ligue Agora

26 de abril de 2021

Capsulite Adesiva: O que é?

A Capsulite Adesiva, comummente conhecida por “ombro congelado”, é um quadro sintomatológico que se caracteriza por dor intensa e limitação de movimento no ombro, que pode ser prolongada no tempo. Esta é provocada por uma inflamação da cápsula que reveste a articulação do ombro (glenoumeral).

Qual a sua origem?

A articulação do ombro é envolvida por uma membrana (cápsula articular). Esta estrutura assume especial importância pois permite a mobilidade articular, mas também a sua estabilidade estrutural.

A capsulite adesiva está associada à inflamação, fibrose e rigidez da cápsula articular. Ou seja, a cápsula articular, que é uma membrana flexível e elástica, torna-se espessa e rígida. Esta condição pode provocar dor aguda e uma limitação funcional do ombro, muito relevante, em especial a rotação interna e externa. Com efeito, pacientes de capsulite adesiva podem enfrentar longos períodos de dor progressiva, rigidez e incapacidade.

Diagnóstico

O diagnóstico da Capsulite Adesiva (ombro congelado) é habitualmente feito por um médico ortopedista, através do exame físico e de exames complementares. A Radiografia, a Tomografia Axial Computorizada, a Ressonância Magnética são os exames mais adequados para avaliar a saúde da cápsula articular.

Sintomas

A Capsulite Adesiva (ombro congelado) apresenta um quadro de sintomas típico, nestes pode-se mencionar:

  • Dor localizada no ombro
  • Dor relacionada com trauma
  • Dor espontânea, sem associação a trauma
  • Desconforto e dor, mesmo em repouso, em especial à noite
  • Limitação na mobilidade do ombro em todas as direcções e amplitudes, em especial nos graus finais do movimento

Causas Associadas

A capsulite adesiva pode estar associada a traumas no ombro ou a doenças sistémicas, que nada têm a ver a articulação do ombro, tais como diabetes, hipotireoidismo ou doenças cardiovasculares. No entanto, o mecanismo fisiopatológico que a origina, nem sempre é óbvio. Contudo, existem alguns factores de risco que estão bem identificados. Entre eles podem-se mencionar:

  • Hérnia cervical
  • Trauma (queda, pancada, acidente)
  • Imobilização prolongada do ombro
  • Distúrbios hormonais (Tiroide)
  • Diabetes mellitus
  • Problemas cardíacos
  • Doenças autoimunes
  • Doença de Parkinson
  • AVC

Capsulite Adesiva e a Terapia de Bowen

A experiência mostra que Terapia de Bowen contribui activamente para a diminuição dos sintomas da Capsulite Adesiva. A sua prática propicia o relaxamento muscular, a desinflamação dos tecidos e a progressiva diminuição da dor, de uma totalmente forma natural. As sessões são muito relaxantes e os movimentos de Bowen são indolores e não invasivos. É comum notarem-se resultados positivos logo após a primeira sessão, porém para uma diminuição consistente dos sintomas é necessário um tratamento mais prolongado (entre 4 e 6 sessões).

Binder, AI (1984). «Frozen shoulder: A long-term prospective study». Annals of the Rheumatic Diseases. Annals of the Rheumatic Diseases.

Dutton, Mark (2009). Fisioterapia Ortopédica: Exame, Avaliação e Intervenção. Artmed Editora.

Jewell, D. V., Riddle, D. L., & Thacker, 2009. « Interventions associated with an increased or decreased likelihood of pain reduction and improved function in patients with adhesive capsulitis: a retrospective cohort study»

Neviaser, Andrew S; Hannafin, Jo A. (2010). «Adhesive Capsulitis: A Review of Current Treatment». The American Journal of Sports Medicine.

Manske, RC; Prohaska, D (2008). «Diagnosis and management of adhesive capsulitis». Current Reviews in Musculoskeletal Medicine.

Uhthoff & Boileau, (2007). «Primary frozen shoulder: global capsular stiffness versus localized contracture». Comparative Study - Clinical Orthopaedics and Related Research.

Silva, Marília Barreto; Skare, Thelma Larocca (2012). «Manifestações musculoesqueléticas em diabetes mellitus». Revista Brasileira de Reumatologia.

Sizínio, K. (2016). Ortopedia e Traumatologia 5ª ed.

Souza, Marcial Zanelli (2001). Reabilitação do complexo do ombro. Manone.

Spassim, Mateus Valdir; Gaviolli, Cristina. «Intervenções fisioterapeuticas na capsulite adesiva ou ombro congelado». Luzimar Teixeira

Wong & Tan, (2010). «A review on frozen shoulder». Singapore Medicine Journal.

© Copyright 2020 Terapia de Bowen - Todos os direitos reservados - Feito por 4Leads
crossmenu